Serviço de Leitura de Sábado

Self-Realization Fellowship

CENTRO DO RIO DE JANEIRO

 

 

LEITURAS PARA SERVIÇOS
ENSINAMENTOS DE PARAMAHANSA YOGANANDA

 

 

A ILUSÓRIA TRAMA DA VIDA
THE DREAM FABRIC OF LIFE

 

 

Volume III/18

Rio de Janeiro, 30 de maio de 2020

 

 

AFIRMAÇÃO

Nada poderá desfazer meus sorrisos. A morte implacável, a doença ou o fracasso não me assustam. O desastre não pode me afetar, pois possuo a invencível, imutável e sempre nova bem-aventurança divina.

(Meditações Metafísicas)

 

PASSAGEM DA BÍBLIA – EVANGELHO DE SÃO MATEUS

Do ponto de vista cósmico, a Terra e toda a vida aqui existente são de natureza transitória, impermanente e ilusória. O reino dos céus, muito mais sutil e duradouro, também é transitório. Tendo sido criado do Espírito, cedo ou tarde retornará ao Espírito.

O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão.

 (24:35)

 

Comentário da Bíblia por Paramahansa Yogananda

É preciso lembrar o que Jesus disse: “Eu e meu Pai somos um”, e o que todas as escrituras orientais dizem: “Quem conhece o Espírito se torna Espírito.” Assim, todos os devotos livres e unidos a Deus também estão unidos à Consciência Cósmica.

Jesus sabia que a verdade de suas palavras – que refletiam a Consciência Cósmica – sobreviveria à dissolução da Terra e dos mundos astrais (o céu). A verdade e a sabedoria são imutáveis e eternas, enquanto todas as coisas criadas, como a Terra e as forças astrais, estão sujeitas a mudanças. As palavras de Jesus representam a verdade eterna e, por isso, sobreviverão a todas as coisas criadas.

 

PASSAGEM DO BHAGAVAD-GITA

Quem é verdadeiramente sábio não chora nem pelos vivos, nem pelos mortos.

(II:11)

 

Comentário do Gita por Paramahansa Yogananda

O sábio percebe, dentro de si, o Espírito único e íntegro, o Sonhador do sonho cósmico, separado da agitação do cosmos onírico. Com sua consciência exterior, testemunha, inabalável, as mudanças tristes ou agradáveis da vida ilusória.

Os sonhos são feitos de vida e morte, alegria e tristeza, frio e calor e todos os pares de opostos. No entanto, são todos feitos de uma só consciência. Quando despertamos, todas as experiências opostas da terra dos sonhos, mencionadas acima, são percebidas como truques de uma consciência só. Todos os sonhos se fundem na consciência única.

Os que alcançam o estado de divindade descobrem que todos os assustadores testes da morte e as agradáveis experiências da vida na Terra são apenas sonhos de Deus. A unidade com o Criador faz com que se perceba a Consciência Cósmica, na qual todas as diferenças da vida onírica se dissolvem numa experiência única de alegria eterna.

Esqueça o passado, que está fora de seu domínio. Esqueça o futuro, que está além de seu alcance. Controle o presente. Viva bem – com a máxima plenitude e agora. Isso passará uma camada de cal no sombrio passado e obrigará o futuro, quando chegar, a ser luminoso. Assim faz o sábio.

 

* * *

 

UMA VISÃO DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Certo dia, fui ao cinema para ver um documentário sobre os campos de batalha na Europa. A Primeira Guerra Mundial ainda se travava no Ocidente, e o cinejornal apresentava a carnificina com tanto realismo que deixei o cinema com o coração angustiado.

“Senhor”, rezei, “por que permites tanto sofrimento?”

Com enorme surpresa, recebi a resposta instantaneamente, sob a forma de uma visão autêntica dos campos de batalha da Europa. As cenas, repletas de imagens de mortos e agonizantes, ultrapassavam em crueldade qualquer representação do documentário.

“Olhe com atenção!” Uma Voz suave dirigia-se à minha consciência interiorizada. “Verá que estas cenas, acontecendo agora na França, não são mais que um jogo de luzes e sombras. Constituem o filme cósmico, tão real e tão irreal quanto o documentário que você acabou de ver: um filme dentro de outro.”

Meu coração ainda estava angustiado. A Voz Divina continuou: “A criação é, ao mesmo tempo, luz e sombra; do contrário, nenhum filme seria possível. Sempre deve existir uma alternância na supremacia entre o bem e o mal de maya. Se a alegria fosse ininterrupta aqui neste mundo, ansiaria o ser humano por outro? Sem o sofrimento, ele dificilmente recordaria que abandonou seu lar eterno. A dor é o aguilhão da reminiscência. A rota de fuga é a sabedoria. A tragédia da morte é irreal; os que tremem diante dela se assemelham a um ator ignorante, que morre de pavor no palco quando lhe é disparado um cartucho de pólvora seca. Minhas criaturas são filhas da luz; não dormirão para sempre na ilusão.”

Embora eu tivesse lido descrições de maya nas Escrituras, isso não me deu a profunda percepção interna que recebi com as visões pessoais e com as palavras simultâneas de consolo. Os valores de um indivíduo se modificam profundamente quando ele, por fim, se convence de que a criação é apenas um vasto filme e que sua própria realidade não está no filme, e sim além.

 (Autobiografia de um Iogue)

 

* * *

 

TUA LUZ TRANSFORMA TODA A CRIAÇÃO

Ó Luz Transubstancial! És invisível e imperceptível, tanto nos cálidos raios de sol quanto na fria luz da lua. As lâmpadas celestes só revelam a Dama Natureza, e não a Ti.

Para mim, o mundo da matéria, revelado pela densa luminosidade, nada mais é do que trevas. Treina minha visão para ver Tua refulgência oculta, que transforma a criação inteira.

Quando, sentado e com os olhos cerrados, me envolvo em sombras por mim mesmo criadas, peço-Te que faças com que brilhe sobre mim, em esplendor, a aurora da intuição. Permite que Te contemple, com reverente olhar, na dança ritual de Tuas atividades cósmicas.

(Sussurros da Eternidade)

 

* * *

 

A ILUSÓRIA TRAMA DA VIDA
Paramahansa Yogananda

Devemos nos concentrar primeiro na união com Deus. Todos os dias, à medida que for passando pelas várias experiências da vida, pratique mentalmente a união com Deus. Quando surgir qualquer sofrimento que perturbe esse estado, pense: “Bem, se eu estivesse dormindo, não sentiria esta dor: então por que senti-la agora? Todas as experiências são sonhos passageiros.” Tente vencer todas as provações desta maneira.

O primeiro estado de concentração é ser capaz de ver, com os olhos do espírito, tudo que se quiser. Por exemplo: posso olhar para esta sala e nela me concentrar até que, mesmo fechando os olhos, consiga vê-la exatamente como é. É o primeiro passo em concentração profunda, porém a maioria das pessoas não tem paciência para praticar. Eu tive.

À medida que continuar a praticar a visualização, descobrirá que seus pensamentos começam a se materializar. A lei cósmica fará com que tudo em que você pense seja realmente criado.

Suponha que eu esteja pensando numa maçã, e ela aparece na minha mão. Seria uma demonstração do mais alto poder de concentração. Os Grandes Seres podem materializar qualquer coisa bem à sua vista, como Babaji materializou um palácio no Himalaia, na iniciação de Lahiri Mahasaya. Foi uma expressão do poder de concentração em sua forma mais elevada. Sem esforço e concentração, não é possível conseguir nada importante.

A vida deve ser uma combinação de concentração em Deus e de atividade. Quando você perde o equilíbrio interior, fica vulnerável aos sofrimentos do mundo. Não desonre o nome de Deus em você. Desperte a fortaleza inata da mente, afirmando: “sejam quais forem os testes que tenha que enfrentar, estarei sempre feliz; minhas experiências não podem me atingir.”

Dissocie-se de suas experiências

Pense no seguinte: um milhão e quinhentas mil pessoas morrem a cada cem anos, e todas tiveram um papel específico no filme cósmico. Na verdade, cada ser humano representou, além disso, um papel no filme “caseiro” de sua vida, isto é, seu filme pessoal. Se você multiplicasse todos os filmes interpretados pelos milhões de seres, não conseguiria contá-los.

Mas o espetáculo tem um objetivo: ensiná-lo a desempenhar os vários papéis do filme da vida sem confundir o papel com seu Eu superior. Sempre que surgir dor, ira ou qualquer outro tipo de sofrimento físico ou mental, é importante observar tudo como espectador. Dissocie-se de suas experiências. A melhor maneira é vê-las como se estivessem acontecendo com outra pessoa.

Não espere paz e felicidade das experiências mundanas. Sua nova atitude em relação à vida deve ser: seja qual for a experiência, aproveite-a. Encontre a paz e a felicidade dentro de si mesmo. Devemos ver as experiências externas só como diversão. É possível converter qualquer coisa em sofrimento, se você deixar que a mente o faça. Por exemplo: é possível ter boa saúde e não dar valor algum; contudo, se você fica doente, percebe o que é estar com saúde. Agradeça a Deus pelo que Ele lhe concede, sem esperar que os revezes da vida o obriguem a ser agradecido pelo que teve. Você é um filho imortal e veio à Terra para se divertir e alegrar os outros.

Quando olho para trás e comparo, vejo que a vida era muito mais simples na época em que fundamos a primeira ermida (numa pequena choupana de barro, alugada por uma rúpia). Agora temos a responsabilidade de manter uma grande instituição; mesmo assim, consigo conservar a tranquilidade mental quando os testes surgem. Aprenda a rir das dificuldades, lembrando que você é um ser imortal. “Morto muitas vezes; contudo eu vivo; nascido muitas vezes, todavia sou imutável.” Quer você esteja sofrendo nesta vida, quer esteja sorrindo com opulência e poder, sua consciência deve permanecer imutável ao longo das diversas experiências. Se conseguir manter-se sereno, nada poderá feri-lo. A vida de todos os grandes mestres prova que eles alcançaram este estado abençoado.

Para poder dizer, com conhecimento de causa, que tudo está na mente, você deve primeiro desenvolver a consciência interior de paz divina, que permanece inabalável diante das experiências terrenas. Aceite-as, como aceitaria um sonho. Chegará o dia em que tudo que você pensar se materializará, apenas pelo poder da força de seu pensamento. É difícil, mas pode ser feito.

Um cientista tem de fazer muitas experiências para chegar a um único fato. Mas a pessoa espiritualmente evoluída consegue perceber o fato sem ter que passar pelo processo físico. Se você primeiro se une a Deus, tudo que pensar pode ser materializado. Esta verdade foi demonstrada muitas vezes por Jesus, que estava unido a Deus.

Cultive a consciência de que o mundo é um sonho

Não se deixe afetar pelas coisas materiais, nem permita que ninguém o machuque. Mantenha uma consciência imparcial. Tenha boa vontade para com todos, mas desenvolva um estado de consciência imperturbável.

Todos os dias, tente fazer as pessoas felizes. Reparta sua sabedoria com os outros. Jamais perca o interesse pela vida. Aprenda tudo que puder sobre um assunto, e um pouco sobre todos os assuntos. Perceba que, quanto mais buscar, mais achará; são infinitos os reinos do pensamento. No momento em que você achar que já conseguiu tudo, estará limitado. Continue sempre buscando. No vale da humildade, fluirá o oceano da sabedoria divina.

A melhor coisa para cultivar a verdadeira sabedoria é manter a consciência de que o mundo é um sonho. Se vier o fracasso, diga: “é um sonho”. Depois, expulse da mente qualquer pensamento de fracasso. Quando estiver cercado por condições negativas, pratique a “oposição”, pensando e agindo de modo positivo e construtivo. Pratique titiksha, que significa não ceder às experiências desagradáveis e sim resistir a elas, sem se alterar. Quando ficar doente, siga as leis da higiene e não permita que sua mente se perturbe. Mantenha-se sereno em tudo que fizer. Se cultivar com afinco o sonho oposto a qualquer provação que estiver sofrendo, poderá transformar um pesadelo em linda experiência. A liberdade mental surgirá quando você perceber que os sólidos, os líquidos e todas as formas físicas são expressões do pensamento de Deus.

O melhor meio de encontrar a verdadeira liberdade é meditar profundamente e estudar as verdades contidas nas Lições da Self-Realization Fellowship. Ninguém pode lhe transmitir o gosto do açúcar; é você que tem de prová-lo.

Ontem, sentado em meu quarto, fiz uma retrospectiva de minha vida e verifiquei que todas as coisas do mundo exterior, que haviam prometido grande felicidade, tinham me enganado. Uma coisa, porém, nunca me enganou – a paz interior. Indescritíveis ondas de felicidade jorram sobre minha alma. Como tive que passar por várias experiências, a paz interior tem sido sempre a prova da existência de Deus.

Pensando nisso, de repente vi uma grande Luz. Tudo o mais desapareceu. Ficou apenas o sentimento – isso era tudo. Minha mão não era mais um membro do corpo, apenas uma sensação. Quando encostei uma mão na outra, não havia carne, apenas sensação. Instantaneamente, compreendi que me tornara pensamento. Tudo ao meu redor: a luz, o quarto e o peso de meu corpo – nada além de pensamentos.

Foi uma experiência maravilhosa. Toda a tristeza e mágoa que sentira por causa de coisas do passado foram embora, e experimentei uma grande sensação de liberdade.

A consciência da paz divina em você nunca termina e é o único estado real de felicidade. Todas as outras coisas o decepcionarão. Nada mais pode torná-lo feliz. A alegria da presença de Deus é a única experiência autêntica.

* * * * * *

Trechos da Bíblia: Versão de João Ferreira de Almeida
Trechos da Autobiografia de um Iogue: Tradução oficial                    Rio de Janeiro – Cópia 2004/05/08\11/14/17

 

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
O material Self-Realization Fellowship Readings (Leituras para serviços da Self-Realization Fellowship) foi selecionado de publicações da SRF, com reserva de direitos autorais da Self-Realization Fellowship. Este material não pode ser traduzido para nenhum outro idioma, reproduzido sob qualquer forma ou distribuído, sem autorização da Self-Realization Fellowship, 3880 San Rafael Avenue, Los Angeles, Califórnia 90065, EUA.

Observação: esta é uma tradução não-oficial. Não foi revista nem aprovada pela Sede Central.